Post

DST’S silenciosas: Você pode estar contaminado e não saber

Existem diversas Doenças Sexualmente Transmissíveis que você pode ter e não fazer a mínima ideia.

A intenção deste artigo é que você esteja informado sobre doenças silenciosas transmitidas através das relações sexuais.

Vamos só lembrar para você de algumas delas: HIV, gonorreia, clamídia, candidíase, herpes, sífilis, HPV e muitas outras mais.

Em muitos casos, as DSTs não apresentam sintomas, ou só vão apresentar em um estágio mais avançado da doença. Por este motivo, sempre oriento a prevenção, sendo ela o melhor remédio para estes infortúneos.

Os riscos de transmissão aumentam muito quando não se tem sintomas, não é mesmo? A falta de diagnóstico, acaba impedindo a realização de estimativas seguras sobre o número de infectados.

Mas, um dado da OMS acredita que mais de 20 milhões de pessoas contraiam algum tipo de DSTs anualmente no mundo.

É bastante, não é? Por isso, quem vê cara não vê DST.

Conheça algumas DST’S:

Gonorreia: Por ser causada por bactéria e a chance de contrai-la em uma relação com parceiro contaminado chega a 90%. Sintomas: ela provoca dor ou ardência ao urinar. Também pode causar febre baixa e corrimento na vagina ou no pênis. Mas, em alguns casos os sintomas NÃO APARECEM.

Clamídia: É uma das DSTs mais comuns e que mais provoca infertilidade. O mais assustador é que ela só aparece a cada 4 anos. Ou seja, você pode ter contraído e só descobrir em 4 anos e neste meio tempo contaminar mais pessoas. 

HPV: A causa é o Papiloma Vírus Humano. Causa verrugas na vagina, no pênis e no ânus. No entanto, em muitos casos, as lesões não são aparentes dificultando o diagnóstico. Além disso, não é detectada em exames de sangue, o que a torna ainda mais “silenciosa”. Sempre gostode lembrar da importância de visitar seu médico urologista com frequência. É isto que fará você verificar em exames de rotina qualquer mudança em seu corpo.

Sífilis: Esta DST apresenta lesões indolores e quando não tratada pode acometer vários órgãos como olhos, pele, ossos, coração e até o cérebro. Os sintomas mais comuns são feridas nos órgãos genitais, dor na virilha e manchas no corpo. Existe tratamento, sim. Mas, continuoorientando à prevenção.prevenir é sempremelhor que remediar.

HIV: é causada pelo vírus HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) e interfere na capacidade do corpo de combater infecções. Quando não tratada pode levar à morte. Os sintomas podem ser até os de uma gripe comum. Já pensou?

Minha dica neste post é: USE SEMPRE o preservativo e demaneira correta.
Assim você evita qualquer insegurança e desconforto.

Caso você tenha mais dúvidas, será um prazer atender você.

Visite minhas redes sociais e deixe seu comentário. 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Dr. Filipe Madeira Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2010). Atualmente é Cirurgião Geral – Plantonista no Hospital São Camilo de Esteio. Tem experiência na área de Cirurgia Geral, com especialização em Urologia; Especialização em Urologia pelo Grupo Hospitalar Conceição em 2018 (Porto Alegre – RS); Curso de especialização em vídeocirurgia urológica pelo IRCAD América Latina.

Contato

Filipe Madeira - Doctoralia.com.br